Questões sobre Planos de Saúde

Santus Seguros

Ambulatorial: cobertura de exames e número de consultas médicas ilimitadas em consultório ou ambultório. Este segmento, não cobre internação hospitalar.

Hospitalar sem obstetrícia: cobertura para internações hospitalares, com número de diárias ilimitadas, inclusive UTI, exames complementares durantes a internação. Cobertura de despesas referentes a honorários médicos, serviços gerais de enfermagem, alimentação, medicamentos e materiais utilizados.
Também há cobertura das despesas do acompanhante de pacientes menores de 18 anos, com idade igual ou superior a 60 anos e pessoas com deficiência, e atendimento de urgência e emergência.

Hospitalar com obstetrícia: além de todo o atendimento hospitalar já mencionado, inclui as coberturas de pré-natal, assistência ao parto e ao recém-nascido natural ou adotivo, nos primeiros 30 dias contados do nascimento ou da adoção. Esse segmento não tem cobertura a consultoria ambulatorial, tratamentos e procedimentos ambulatoriais não relacionados ao pré-natal.

Odontológico: cobertura para todos os procedimentos odontológicos realizados em consultórios referência. É um plano cuja oferta é obrigatória por parte das operadoras, inclui cobertura assistencial médico ambulatorial e hospitalar. Nestes casos com internação padrão enfermaria, exames, consultas e parto, mas não cobre a assistência odontológica.

O primeiro passo é verificar se há reclamações contra a empresa escolhida registradas no cadastro de reclamações do PROCON de sua cidade. Alem disso, o consumidor deve certificar se a operadora possui registro na ANS. Também é necessário verificar sobre o tipo de cobertura oferecida e solicitar a lista de prestadores credenciados (médicos, hospitais e laboratórios)

Existem três tipos. Um deles é o contrato individual e familiar, em que o plano de saúde é contratado diretamente pelo consumidor. Já o contrato coletivo empresarial é contratado pelo empregador ( pessoa jurídica) para prestação de serviços de assistência à saúde para os seus funcionários, enquanto o contrato coletivo por adesão é o plano contratado por sindicato, conselho profissional, associação legalmente constituida, cooperativas, caixas de assistência e fundações de direito privado para a assistência à saúde de seus filiados.

Os prazos máximos de carência, definidos por lei são: 24 horas para casos de urgência e emergência, 300 dias para parto, 180 dias para demais exames, cirurgias e internações.

No caso de doenças e lesões preexistentes, o prazo é de 24 meses. Sendo que ele tem cobertura parcial durante o período de carência, ou seja, não tem direito a cobertura para procedimentos de alta complexidade, leitos de alta tecnologia – CTI e UTI – e cirúrgicos.

Sim. A Empresa pode solicitar que o consumidor faça uma perícia médica. O custo dessa perícia é pago pela empresa que vende o plano.

Pode haver suspensão do atendimento quando o atraso da mensalidade for superior a 60 dias, consecutivo ou não, a cada período de um ano.

A empresa deve notificar o consumidor, por escrito, até 50º dia de sua inadimplência, informando-o sobre a situação. Após esse prazo, o contrato pode ser cancelado ou suspenso, unilateralmente pela empresa. A operadora deverá manter o atendimento até o efetivo cancelamento do contrato.

A Lei. 9.656/98 autoriza que os planos firmados a partir de janeiro de 1999 ou adaptados sofram o reajuste nas seguintes situações:

Reajuste Anual: O reajuste contratual ocorre anualmente, na data de aniversário do contrato e sua aplicação diferencia-se conforme o tipo de contrato:

  1. Contrato individuais ou familiares: o percentual máximo para o reajuste anual é autorizado a cada ano pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
  2. Contrato coletivos(por adesão e empresariais) com menos de 30 beneficiários: são agrupados para definir o percentual, utilizando um único índice para todo o grupo.
  3. Contrato coletivos (adesão e empresariais) com mais de 30 beneficiários: Não há estipulação de índice pela ANS. O reajuste é definido com base no contrato e negociação entre as partes ( por exemplo, o empregador e a empresa de plano de saúde).

Sim. Os empregados demitidos poderão permanecer no plano de saúde por um período equivalente a um terço do tempo em que foram beneficiários dentro da empresa, respeitando o limite mínimo de seis meses e máximo de dois anos. Já os aposentados, que contribuíram por mais de dez anos, podem manter o plano pelo tempo que desejarem. Quando o período for inferior, cada ano de contribuição dará direito a um ano no plano coletivo depois da aposentadoria.

A Santus Seguros trabalha com planos de saúde que permitem grande flexibilidade na composição e negociação de parcelas, tornando financeiramente possível a contratação do benefício de saúde por pessoas e empresas de todos os portes.

Além do plano de saúde, a Santus Seguros, juntamente com os seus parceiros oferece benefícios adicionais de farmácia, ótica e odontologia aos beneficiários, com uma ampla rede de credenciados.

A Santus Seguros oferece planos de saúde a partir de 1 funcionário, tornando possível a contratação do plano de saúde mais completo do mercado a todos os tipos e tamanhos de empresas. Basta ter CNPJ.

Com a Santus Seguros você pode reduzir os custos com plano de saúde na sua empresa, sem alterar os benefícios ou prejudicar os serviços oferecidos. Saiba mais!

Somente a Santus Seguros e seus parceiros têm planos exclusivos na modalidade de franquias para consultas, exames e procedimentos, garantindo o melhor custo-benefício do mercado. Saiba mais.

Atraia e retenha talentos. É possível atrair e reter talentos, garantir o bem estar dos colaboradores investindo na qualidade do plano de saúde empresarial oferecido em sua empresa. É uma ótima forma para tornar a sua empresa mais atrativa para novos profissionais e na retenção de talentos, garantindo maior estabilidade e crescimento do seu empreendimento.

Questões sobre Planos Odontológicos

Santus Seguros

Primeiramente, escolha um dentista na Rede Credenciada e marque sua consulta com dia e hora convenientes. De posse do diagnóstico feito pelo dentista, a empresa responsável pelo seu plano enviará ao profissional, no prazo de 48 horas, uma senha autorizando o início do tratamento. Somente assine a Ficha Odontológica quando realizar o procedimento que deverá conter a data do atendimento. NUNCA ASSINE PROCEDIMENTOS FUTUROS.

Não deve assinar procedimentos futuros porque será considerado pelo Plano Odontológico como realizado.

SOLUCIONAMOS AS SUAS DÚVIDAS?

Solicite agora mesmo um contato sem compromisso dos nossos representantes!

SOLICITAR COTAÇÃO?

Solicite agora mesmo um cotação. É rápido e simples. Informe seu contato preferencial, suas dúvidas ou reclamações que entraremos em contato o mais breve possível. Será uma satisfação atendê-lo(a). Atendimento Nacional: 4003.0495.

BLOG DE NOTÍCIAS

Acesse o Blog de Notícias da Santus Seguros. Lá você encontra novidades sobre Planos de Saúde, Planos Odontológicos, Informações sobre Seguros e Planos de Previdência além de excelentes oportunidades para adquirir consórcios com condições especiais.